Tradução e síntese do artigo

Tradução e síntese do artigo: Identificando testes de esterilidade mais rápidos para produtos biológicos

Pesquisa Regulatória procura reduzir o tempo necessário para assegurar a segurança de produtos críticos

Por Aline Iglesias

Seema Parveen, Simleen Kaur, James L. Keeny, William M. McCormick, Rajesh K. Gupta

Centro de avaliação e pesquisas biológicas, FDA, Rockville, MD

 

 

A necessidade para testes rápidos de esterilidade

Food and Drug Administration exige que todos os produtos biológicos parenterais passem por testes de esterilidade usando método compendial de esterilidade para garantir que produtos, como as vacinas, sejam seguros ao chegarem ao mercado. Este método baseia-se na observação de turbidez de meios de cultura líquidos que se dá pelo crescimento de bactérias, leveduras e fungos e pode detectar um número extremamente pequeno de microrganismos. No entanto, esse método leva 14 dias para apresentar resultados. Este período de duas semanas pode ser um fator limitante na liberação de produtos biológicos a tempo, especialmente para vacinas pandêmicas e produtos com vidas curtas de prateleira. Os pesquisadores da Divisão de Qualidade do Produto (do inglês Division of Product Quality - DPQ) no Escritório de Conformidade e Qualidade Biológica (do inglês Office of Compliance and Biologics Quality - OCBQ) estão trabalhando para resolver esse problema avaliando métodos microbianos rápidos que reduzem significativamente o tempo necessário para o teste de esterilidade de produtos biológicos. Como parte desse esforço, uma equipe de pesquisadores no OCBQ comparou a capacidade de vários testes rápidos alternativos para detectar microrganismos em meios sólidos ou líquidos na presença e ausência de timerosal, o composto de organomercúrio usado como conservante antibacteriano e antifúngico em certos produtos biológicos.

 

Comparando métodos de esterilidade rápida com o método de esterilidade compacta

Para a pesquisa a equipe do OCBQ introduziu microrganismos em 10 ml de Fluid A com e sem 100 ppm de timerosal e, em seguida, avaliou a detecção desses microrganismos por Métodos de Esterilização Compendial (Método de filtração e inoculação direta) e Métodos de Esterilidade Rápida (Sistema de Detecção Milliflex®, BacT/Alert, BACTEC). Os três métodos microbianos rápidos e o método da esterilidade compendial foram comparativamente avaliados quanto à sensibilidade e velocidade de detecção de microrganismos introduzidos. Para os Métodos de Esterilização Compendial o meio utilizado foram o meio fluido de tioglicolato e o caldo tríptico de soja (TSB). A partir da inoculação de bactérias e outros organismos nos métodos tradicionais e nos métodos rápidos, foram comparados os resultados obtidos entre cada um deles detectando, isolando e identificando os organismos inoculados de forma a verificar sua eficiência.

 

Sobre os métodos alternativos

Os métodos da BD (BACTEC) e da bioMérieux (BacT/ALERT) funcionam de forma semelhante, ambos com meios líquidos, divergindo na forma de leitura: BACTEC faz a detecção dos organismos por fluorimetria e o BacT/ALERT se baseia em detecção colorimétrica de CO2. Já o Sistema Rápido de Detecção e Enumeração Microbiológica Milliflex® (à esquerda) funciona por crescimento em três diferentes meios sólidos: ágar tríptico de soja (TSA), ágar Sabouraud dextrose (SDA) e Schaedler ágar de sangue (SBA). Esses meios são inoculados a partir de uma membrana utilizada para filtração da amostra; essa membrana é pulverizada com reagentes de liberação de ATP e bioluminescência. Os fótons gerados pela bioluminescência do ATP são capturados e detectados pelo tubo de imagem de contagem de fótons. A partir desse espectro, o computador exibe uma imagem, como mostrado ao lado. Algumas colônias podem ser identificadas antes mesmo de serem vistas à olho nu.

 

Principais achados

A partir dos resultados comparados, os autores concluíram que: 

  • Método Compendial, Rapid Milliflex®, BacT/Alert e BACTEC mostraram sensibilidade equivalente na detecção microrganismo com o menor índice de inoculação.
  • O sistema de detecção de Milliflex® detectou o menor pico de P. acnes e B. vulgatus dentro de 5 dias contra 9 a 10 dias para o método de esterilidade compendial, BacT/Alert e BACTEC.
  • Milliflex® detectou consistentemente organismos em 1 UFC¹/10 ml dentro de 5 dias (geralmente entre 1 e 3 dias). Resultados semelhantes foram obtidos em 10 e 100 UFC¹/10 ml.
  • O meio sólido (TSA, SDA e SBA) mostrou crescimento mais rápido de organismos inoculados (em até 5 dias) em comparação com o meio líquido.
  • BACTEC e BacT/ALERT não mostraram crescimento em experimentos usando matriz contendo timerosal para a maioria dos microrganismos.
  • Ao contrário dos meios TSA e SDA, o SBA suportou o crescimento do organismo inoculados na presença de timerosal e após o tratamento de organismos com reagentes Rapid Milliflex® ATP-Bioluminescence.

 

O sistema de detecção de Milliflex® parece ser uma alternativa promissora ao teste de esterilidade compendial para produtos biológicos filtráveis.

Baseado em : Identifying Faster Sterility Tests for Biological Products:Regulatory Research Seeks to Reduce the Time Needed to Ensure the Safety of Critical Products.- Seema Parveen, Simleen Kaur, James L. Kenney, William M. McCormick, Rajesh K. Gupta - Center for Biologics Evaluation and Research, FDA, Rockville, MD

Encontrado em: www.fda.gov/downloads/biologicsbloodvaccines/scienceresearch/ucm266975.pdf