Merck

Conformidade regulatória

A imagem mostra um prato com alimentos visto através de uma lupa sobre um tecido xadrez branco e preto

Conformidade regulatória para alimentos e bebidas

No setor alimentício, normas rigorosas regulamentam os ambientes de produção para garantir a segurança do consumidor. O controle de qualidade de produtos alimentícios e seus ingredientes é regulamentado por requisitos locais e normas internacionais para aumentar a qualidade e a eficiência. Órgãos regulatórios também são influenciados pela demanda dos consumidores, conforme observado com a pressão pública para reduzir o teor de sal e açúcar em produtos alimentícios e tornar a produção de alimentos mais sustentável.

Normas alinhadas em nível internacional ajudam os produtores de alimentos a atender às exigências legais e regulatórias. Países que não seguem os métodos da ISO, FDA ou USDA podem ter desenvolvido seus próprios métodos. Um sistema de gestão de segurança dos alimentos em conformidade com as normas ISO garante identificação e controle de riscos de segurança dos alimentos ao longo de todo o processo de produção de alimentos, beneficiando os setores envolvidos na cadeia de suprimentos de alimentos, consumidores e reguladores.

Regular alimentos e bebidas é um processo complexo e determinar os melhores métodos para conformidade e proteção da equipe e dos consumidores pode ser desafiador. Abaixo encontram-se informações adicionais sobre regulamentos do setor de modo geral, divididos por grupos de alimentos, país e região para ajudar você a garantir e manter a conformidade.

Importância da conformidade regulatória de alimentos

A conformidade regulatória de alimentos ajuda os setores envolvidos a atender os requisitos de consumidores, conquistar novos consumidores e suprir alimentos seguros a mercados locais e globais. Ela é responsável pela gestão de riscos, protegendo consumidores, garantindo a conformidade com legislações complexas, além da qualidade e segurança ao longo de cadeias de suprimentos diversas. Programas de gestão de segurança de alimentos aumentam a conformidade das empresas com os arcabouços regulatórios nacionais e internacionais, como o CODEX, e, ao mesmo tempo, melhoram a cultura e as práticas de segurança de alimentos entre regiões geográficas diferentes.

Cultura de segurança dos alimentos

Define-se a cultura de segurança dos alimentos como atitudes, benefícios, práticas e valores que demonstram a importância da segurança, qualidade e legalidade dos produtos. Uma organização que claramente prioriza a gestão, treinamento acessível e frequente, além de incentivar seus funcionários, assegura o compromisso de produzir alimentos seguros.


Artigos técnicos relacionados

Protocolos relacionados

Encontre mais artigos e protocolos


Regulamentos do setor

Regulamentos do setor

A ISO 22000 é uma norma certificável que aborda o sistema de gestão de segurança dos alimentos. Ela define as diretrizes e melhores práticas a serem seguidas por uma organização para controlar os riscos à segurança dos alimentos e garantir o consumo seguro de alimentos. A FSSC 22000 inclui e amplia os requisitos da ISO 22000.

Regulamento do setor por grupo alimentar

Regulamento do setor por grupo alimentar

Saiba mais sobre regulamentos de alimentos e bebidas por grupo alimentar, incluindo laticínios, carne, carne vegetal e bebidas para diferentes regiões do mundo.

 

Regulamentos específicos de países para alimentos e bebidas

Regulamentos específicos de países para alimentos e bebidas

Embora existam órgãos regulatórios globais que podem ser seguidos, diferentes regiões também possuem regulamentos específicos de cada país para alimentos e bebidas que são importados e para aqueles produzidos no próprio país.   Mostramos aqui uma visão geral não abrangente de agências regulatórias em países específicos agrupadas por região, América do Norte, Europa e Ásia-Austrália.




Faça login para continuar

Para continuar lendo, faça login ou crie uma conta.

Ainda não tem uma conta?