Merck

Bioimpressão tridimensional

Ilustração de engenharia de tecidos com orelha e nariz humanos criados por bioimpressão tridimensional

A bioimpressão tridimensional é um processo de fabricação aditiva com biomateriais, células vivas e biomoléculas ativas para fabricar estruturas que imitam as características naturais do tecido. A bioimpressão difere da impressão tridimensional principalmente na adição de células vivas a hidrogéis atóxicos que mimetizam o ambiente da matriz extracelular para permitir a adesão, proliferação e diferenciação celular após a impressão. 

O processo de bioimpressão começa com o imageamento tridimensional para obter as dimensões exatas do tecido. Semelhante à impressão tridimensional convencional, um modelo digital é criado com instruções camada por camada para produção de um objeto tridimensional físico. Para otimizar a viabilidade celular e garantir uma resolução de impressão adequada para a distribuição homogênea das células, são necessárias condições de impressão estéreis. Dependendo da aplicação, o biomaterial, p.ex., alginato, colágeno, gelatina ou ácido hialurônico, para possibilitar o crescimento celular, é combinado com células vivas para formar a biotinta. Usando uma abordagem altamente controlada, camada por camada, a biotinta é depositada por técnica de impressão tridimensional baseada em extrusão, jato de tinta ou laser. Esses construtos de tecido tridimensional solidificam-se por luz UV, estimulação química ou calor para um ambiente de crescimento estável. 

Devido ao seu alto grau de controle, a bioimpressão tridimensional emergiu como uma técnica de pesquisa fundamental para testes de medicamentos e ensaios clínicos, substituição funcional de órgãos, medicina regenerativa e outras aplicações de bioimpressão para cosmetologia e higiene pessoal. Os pesquisadores no campo da medicina estão desenvolvendo ativamente novos materiais e métodos de impressão para impressão tridimensional, de modo a poderem ajustar as propriedades dos construtos impressos e imitar com mais acuidade as propriedades mecânicas da pele, ossos e cartilagem, bem como dos diferentes tipos de tecido neural, cardíaco, muscular e dentário.


Artigos técnicos relacionados

Encontre mais artigos




Faça login para continuar

Para continuar lendo, faça login ou crie uma conta.

Ainda não tem uma conta?