Merck

Filtros de seringa

Os filtros de seringa são dispositivos de uso único baseados em membrana, utilizados para a remoção de impurezas particuladas de amostras líquidas e gasosas antes da análise por métodos que incluem HPLC, cromatografia iônica, cromatografia gasosa, ICP e testes de dissolução. A filtração adequada de amostras melhora a qualidade e a consistência dos resultados analíticos e diminui o tempo de inatividade do instrumento. Os filtros de seringa descartáveis são usados rotineiramente para filtração rápida e eficiente. A escolha do filtro deve ser determinada pela aplicação. Os filtros de seringa estéreis são utilizados para esterilizar soluções ou clarificar soluções estéreis, ao passo que os filtros de seringa não estéreis são usados para filtração geral e purificação de amostras. Os filtros de seringa são categorizados com base em duas características essenciais: membrana e armação do filtro. Ambas as características devem ser compatíveis com a aplicação e com a solução que está sendo filtrada. As membranas de filtro de seringa são selecionadas com base na composição, no diâmetro do filtro e no tamanho de poro, ao passo que as armações dos filtros de seringa são selecionadas conforme as aplicações finais com base na composição e no formato.   


Produtos

Ordenar por relevância
Exibindo 1-20 de 631
Página 1 de 32
Exibindo 1-20 de 631
Comparar
Número do produto
Nome do produto
Descrição do produto
Pore size
Preços
Página 1 de 32

Recursos de produtos relacionados

Artigo: Millex® Syringe Filters


Filtros de seringa Millex®

Com perda reduzida de amostras devido a volumes de retenção mínimos, os filtros de seringa Millex® são ideais para o uso em diversas aplicações, inclusive preparo de amostras para HPLC, filtração de antibióticos e aditivos em cultura de tecidos, bem como testes de dissolução. Nosso processo controlado de fabricação garante um desempenho confiável do filtro. Nossos dispositivos estéreis incluem um certificado de qualidade. Disponíveis com muitas opções diferentes de membrana e armação, os filtros de seringa Millex® são compatíveis com diversos tipos de solventes e amostras.

  • Eles são projetados para filtração estéril e não estéril de volumes pequenos (1 a 200 ml).
  • Produzidos com membranas Millipore® de alta qualidade.
  • Disponíveis em diâmetros de 4, 13, 25, 33 e 50 mm.
  • Seu volume de retenção mínimo reduz a perda de amostras.
  • Opções de membrana com baixo teor de extraíveis e baixo potencial de ligação.

Filtros de seringa Whatman®

  • Os filtros de seringa Puradisc® da Whatman® aliam a qualidade superior e economia e são ideais para filtração rápida e eficiente de amostras com volumes de até 100 ml.
  • Os filtros de seringa Puradisc® Aqua da Whatman® foram projetados especificamente para filtração de amostras ambientais antes de análises de demanda química de oxigênio (DQO) e carbono orgânico dissolvido (COD). As membranas utilizadas nesses dispositivos são pré-lavadas antes da montagem para reduzir o nível de carbono orgânico.
  • Os filtros de seringa Uniflo da Whatman® são dispositivos de filtração descartáveis para remoção de sólidos de amostras líquidas antes de análises como HPLC e espectrofotometria no UV/Vis. Eles estão disponíveis em diversas opções de membrana com tamanho de poro de 0,2 μm ou 0,45 μm, têm uma armação sobreinjetada com polipropileno e incluem opções estéreis e não estéreis.
  • Os filtros de seringa ReZist® da Whatman® foram projetados especificamente para serem resistentes a solventes orgânicos. Esses filtros são ideais para a clarificação de solventes orgânicos agressivos.
  • Os filtros de seringa Whatman® Spartan® propiciam filtração reprodutível de soluções aquosas e orgânicas para preparo de amostras para cromatografia líquida de alta eficiência e de ultra alta eficiência (HCLP e UHPLC). Para consistência entre lotes, esses filtros são testados e certificados quanto à ausência de substâncias que absorvem radiação UV em comprimentos de onda de 210 e 254 nm com água, metanol e acetonitrila.
  • Os filtros de seringa Roby da Whatman® foram projetados especificamente para sistemas de filtração automatizados. O design da armação de polipropileno garante um transporte tranquilo da estantes de armazenamento giratória até o local da filtração.
  • Os filtros de seringa Anotop® da Whatman® têm uma membrana Anopore® inorgânica de óxido de alumínio em uma armação de polipropileno e foram projetados especificamente para o preparo de amostras para análises posteriores por cromatografia iônica e HPLC. Esses dispositivos garantem níveis muito baixos de lixiviação de ânions para testes de cromatografia iônica.
  • Os filtros de seringa GD/X da Whatman® são filtros com alta viscosidade que incorporam um pré-filtro para permitir a filtração de material viscoso, denso ou de outro modo difícil de filtrar, com alto teor de sólidos, como em amostras para análise ambiental e de alimentos.
  • Os filtros de seringa descartáveis GD/XP da Whatman®, uma modificação da linha GD/X, usam pré-filtros empilhados de polipropileno, o que torna os filtros GD/XP adequados para amostras que requerem análise de íons inorgânicos.

Filtros de seringa Corning®

Os filtros de seringa não estéreis com certificação para HPLC estão disponíveis com membranas de náilon, celulose regenerada ou politetrafluoretileno (PTFE) em armação de polipropileno para maior resistência química. Filtros de seringa estéreis testados para cultura de tecidos estão disponíveis com membranas de PES, celulose regenerada ou acetato de celulose sem tensoativos, em armações de polipropileno ou copolímero acrílico. O filtro de disco com o diâmetro maior, de 50 mm, tem uma membrana de PTFE e armação de polipropileno com conectores de espiga de mangueira, e é ideal para filtrar gases ou solventes agressivos e em aplicações que requerem a ventilação estéril de gases. Por terem uma membrana hidrofóbica, também são ideais para proteger bombas e tubulações de vácuo.

Filtros sem seringa Mini-UniPrep® da Whatman®

Os filtros sem seringa Mini-UniPrep® da Whatman® proporcionam uma maneira mais rápida e fácil de remover particulados de amostras que estão sendo preparadas para análise por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) e cromatografia líquida de ultra alta eficiência (UHPLC). O Mini-UniPrep® é um dispositivo de filtração pré-montado que consiste em uma câmara com capacidade para 0,4 ml e um êmbolo. O êmbolo contém uma membrana de filtração em uma extremidade e uma tampa/septo pré-encaixado na outra. O êmbolo é empurrado através da amostra na câmara externa e as forças de pressão positivas forçam a entrada do filtrado no reservatório do êmbolo. O ar escapa através do furo de respiro até que o anel de travamento seja engatado, o que produz uma vedação hermética. Em poucos segundos, o Mini-UniPrep® pode ser colocado em qualquer dispositivo capaz de segurar frascos de 2 ml para injeção no seu instrumento. O dispositivo Mini-UniPrep® foi projetado para se encaixar em qualquer autoamostrador que possa receber frascos de 12 x 32 mm. Alternativamente, o septo pode ser perfurado com uma agulha e a amostra pode ser removida para injeção manual em um analisador. Utilize com robótica padrão em instrumentos de HPLC com agulhas sensíveis, permitindo maior rendimento. Para uso em análise de rotina com HPLC/UHPLC, ensaios compostos, precipitação de proteínas, testes de solubilidade, testes de dissolução e filtração de amostras.




Faça login para continuar

Para continuar lendo, faça login ou crie uma conta.

Ainda não tem uma conta?