Merck

Coleta de amostras laboratoriais

A gestão de amostras é fundamental para ter um laboratório eficiente. As soluções de coleta e armazenamento de amostras devem ser selecionadas com base nas necessidades do tipo de amostra, aplicação e manuseio. Soluções inteligentes facilitam a identificação, rastreamento e recuperação de amostras e, ao mesmo tempo, oferecem um design ergonômico para proporcionar conveniência e segurança. Oferecemos diversas soluções de armazenamento de amostras e armazenamento para laboratório, incluindo frascos, tubos, garrafas, bolsas, placas, estantes e filmes para vedação para proteger suas amostras e atender às necessidades de armazenamento do seu laboratório. Também fornecemos pinças e fórceps , espátulas e colheres para laboratório, bem como levantadores, espalhadores e coadores de células para proporcionar uma coleta eficiente de amostras.


Produtos

Sort by Relevance
Showing 1-20 of 1193
Page 1 of 60
Page 1 of 60
Showing 1-20 of 1193
Compare
Product Number
Product Description
Pricing
Page 1 of 60
Page 1 of 60

Frascos

Os frascos podem ser usados para coletar, armazenar e transportar amostras, e estão disponíveis em uma variedade de materiais, tamanhos e formatos, com várias tampas para conservar e recuperar amostras. Os frascos de vidro são mais resistentes a temperaturas mais altas e costumam ser quimicamente mais inertes, o que os torna compatíveis com detergentes e solventes agressivos. Os frascos de plástico não se quebram tão facilmente e estão disponíveis em vários materiais para aumentar a compatibilidade química e poderem ser autoclavados. Ambos os tipos de frascos estão disponíveis em versões estéreis e não estéreis. Os frascos são transparentes, para proporcionar fácil visualização de amostras, ou feitos de vidro âmbar ou plástico colorido, adequados para amostras fotossensíveis. As tampas coloridas possibilitam identificar rapidamente as amostras.

Tubos

Tubos são usados para coleta, transporte, armazenamento e testes de amostras sólidas ou líquidas. Embora alguns tubos sejam projetados para uso geral, tubos específicos para aplicações, incluindo tubos de ensaio, tubos de cultura, tubos para centrífuga, tubos para microcentrífuga, tubos para PCR e criotubos, são projetados para atender a requisitos específicos de temperatura, força, esterilidade e compatibilidade química. Vários tipos de materiais de tubos de vidro e plástico podem ser selecionados com base em sua durabilidade, inércia e em outras características. Os tubos com fundo redondo e com fundo cônico podem aumentar a recuperação de amostras. Tubos descartáveis e reutilizáveis estão disponíveis, com base nos requisitos de conveniência e segurança. As tampas de rosca proporcionam maior segurança para evitar vazamentos e derramamentos. As tampas de encaixe e de encaixe por pressão facilitam o manuseio de tubos.

Garrafas

Garrafas são usadas, de modo geral, para armazenar reagentes químicos, solventes e outros líquidos, e estão disponíveis em formatos específicos para atender às necessidades de recuperação, segurança e armazenamento. As garrafas são feitas de vidro, para garantir a inércia química, ou de vários tipos de plástico, com diferentes compatibilidades químicas. Vidros ou plásticos naturais transparentes proporcionam máxima visibilidade. Vidros âmbar e plásticos opacos são recomendados para materiais fotossensíveis. As garrafas podem ser descartáveis ou feitas com materiais que podem ser autoclavados ou lavados para reutilização, conforme for necessário.

Bolsas

As bolsas de amostragem esterilizadas Whirl-Pak® são ideais os setores de alimentos e bebidas, laticínios, água, produtos médicos, veterinários, ambientais, de solo e fabris, e também para coletar amostras de superfícies, forenses, genéticas, biomédicas e farmacêuticas. As bolsas Whirl-Pak® têm sido as bolsas de amostragem em que os profissionais confiam há 60 anos e possuem abas de fechamento à prova de perfuração, esterilidade garantida, fácil identificação e um fecho à prova de vazamento confiável.

Pinças e espátulas

As pinças e fórceps para laboratório são pequenas ferramentas úteis em diversos laboratórios e outros ambientes de trabalho para segurar e manipular objetos pequenos ou delicados. As pinças e fórceps estão disponíveis em diversos tamanhos, estilos e variações de design:

  • Com extremidades pontiagudas, sem corte, arredondadas, curvas, inclinadas ou planas
  • Com superfícies internas planas ou serrilhadas para proporcionar maior aderência
  • Com alças de tesoura
  • Com dimensões definidas para trabalhos que exigem precisão
  • Com alças ou pontas revestidas com silicone ou esponjosas para proporcionar maior aderência
  • Com pinos-guia com fechamento ou trava automáticos para manter as pontas alinhadas para uma pega mais firme
  • Com um revestimento de PTFE inerte para evitar contaminação, riscos ou destruição de amostras frágeis

As espátulas estão disponíveis em diversos tamanhos e estilos, e são projetadas para quebrar, raspar, pegar e transferir sólidos químicos, pós, grânulos ou outros materiais. As espátulas de laboratório são fabricadas com alças de vários comprimentos, com uma ou ambas as pontas moldadas em extremidades trabalhadas de várias formas ou designs, dependendo da aplicação pretendida.

Estantes

As estantes são usadas para apoiar, organizar e armazenar vários tipos de vidraria, materiais de laboratório e de outros itens. As estantes para laboratório estão disponíveis para pipetas, tubos de ensaio, microtubos, frascos, placas de Petri, microplacas e outros materiais de laboratório. As estantes são feitas de diversos materiais, inclusive metal simples e revestido com epóxi, madeira e vários plásticos. As estantes para tubos de ensaio e microtubos têm aberturas de vários tamanhos para acomodar diâmetros de tubo específicos.

Microplacas

As microplacas são placas multipoços usadas para armazenamento de amostras, ensaios bioquímicos e celulares, além de métodos analíticos. Tampas, filmes, fitas, coberturas ou placas flexíveis podem ser usados para vedar as placas durante o processamento, incubação ou armazenamento. As placas devem ser selecionadas com base no seguinte:

  • Material: Microplacas são normalmente feitas de vidro ou plástico. As microplacas de fundo de vidro têm excelentes propriedades ópticas e são normalmente reservadas para uso em aplicações de imageamento que envolvem um grande número de células. As placas de fundo de plástico podem ser usadas para várias aplicações que envolvem fluorescência, colorimetria, cultura celular e imageamento de células. As placas de olefina cíclica são feitas de um polímero que suporta a adesão celular e possui propriedades ópticas semelhantes ao vidro.
  • Número de poços: As placas estão disponíveis em formatos de 24, 96, 384 e 1536 poços, dependendo das necessidades de produção e dos requisitos de volume.
  • Formato do poço: Os poços de fundo redondo garantem uma boa mistura e facilitam a recuperação das amostras, quando necessário. As placas de fundo chato são necessárias para aplicações de imageamento.
  • Cor da placa: Placas pretas são normalmente usadas para aplicações fluorescentes e de alta intensidade de sinal luminescente para reduzir a fosforescência de fundo e a autofluorescência. Placas brancas podem ser usadas para fluorescência resolvida no tempo e ensaios com baixa intensidade de luminescência de sinal. As placas de fundo transparente possibilitam medições de leitura do fundo da placa e visualização em microscópios.
  • Revestimentos de placas: há placas disponíveis pré-tratadas, para fins de esterilidade ou baixo potencial de ligação a proteínas, ou revestidas com colágeno, poli-D-lisina e outras moléculas para facilitar a adesão celular.