Merck
Página inicialAplicaçõesGenômicaPurificação de DNA e RNA

Purificação de DNA e RNA

Estrutura do DNA - vários métodos são utilizados para purificação de DNA

A extração de DNA e RNA é um método básico usado em biologia molecular. A necessidade de ácido nucleico altamente puro e de alta qualidade é importante para uma ampla gama de aplicações clínicas e de pesquisa. A purificação de ácidos nucleicos é uma etapa inicial em muitos fluxos de trabalho genômicos e de biologia molecular. 

Em geral, as amostras de DNA e RNA são obtidas a partir de preparados brutos. DNA genômico, DNA de plasmídeo e RNA total podem ser extraídos e purificados de diversas fontes, incluindo células bacterianas e de mamíferos, tecido vegetal, tecido fúngico, tecido, sangue, plasma e soro de mamíferos, vírus, esfregaços bucais e nasais, matrizes de gel, PCRs e outras reações enzimáticas. O isolamento do ácido nucleico dessas amostras muitas vezes envolve a lise de membranas celulares ou homogeneização da amostra, seguida da remoção de proteínas, enzimas, detergentes, sais e lipídios. 

As abordagens comuns incluem as seguintes:

  • Extração alcalina
  • Extração com fenol-clorofórmio
  • Centrifugação por gradiente de densidade com cloreto de césio (CsCl)
  • Cromatografia com oligo(dT)-celulose
  • Matriz de sílica
  • Esferas de vidro
  • Terra de diatomáceas
  • Cromatografia de trocas aniônicas
  • Cromatografia de exclusão por tamanho


A aplicação final determinará o melhor método para purificação. As aplicações a jusante (downstream) incluem PCR, qPCR, digestão com enzimas de restrição, ligação, clonagem, genotipagem, análise de expressão gênica, sequenciamento de próxima geração (NGS) e northern e southern blotting.


Artigos técnicos relacionados

Protocolos relacionados

Encontre mais artigos e protocolos




Faça login para continuar

Para continuar lendo, faça login ou crie uma conta.

Ainda não tem uma conta?