Merck

Testes clínicos e forenses

Tubo de ensaio sendo entregue, como em um relé

Como seu parceiro em testes clínicos, entendemos o impacto da sua precisão e velocidade nas decisões tomadas por profissionais de saúde, pesquisadores e cientistas. É por isso que nosso portfólio incomparável de soluções analíticas é respaldado por qualidade garantida e entrega confiável. Nossos reagentes, materiais de referência e ferramentas otimizados para aplicações capacitam cada etapa de seu fluxo de trabalho. Além disso, nossa equipe o apoia com assistência técnica especializada, por exemplo, para projetar e executar testes desenvolvidos em laboratório (LDTs) para diagnósticos clínicos. Independentemente de você estar realizando métodos de teste LC-MS, PCR ou ELISA, nós o ajudaremos a aumentar a sua precisão, para que os profissionais de saúde possam confiar em suas decisões.

Benefícios

  • Atendimento e segurança superiores aos pacientes: ampla gama de soluções de diagnóstico LC-MS confiáveis e inovadoras para resultados precisos
  • Maior controle de qualidade: consistência entre lotes, verificação da qualidade do produto e detecção de contaminantes ou impurezas
  • Regulamentos atualizados: conteúdo técnico abrangente e suporte global sobre eficácia, toxicidade e farmacocinética de medicamentos
  • Rapidez e conveniência: todos os produtos de que você precisa disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, em nossa plataforma de comércio eletrônico, com entrega rápida e confiável

Técnicas de testes clínicos

Selecione seu método de diagnóstico preferido para analisar seu fluxo de trabalho e comprar diretamente produtos analíticos.


Artigos relacionados

Protocolos relacionados

Encontre mais artigos e protocolos


Testes clínicos baseados em LC-MS

 

Bandeja com amostras para análise por LCMS

O fluxo de trabalho de testes clínicos LC-MS começa com a coleta da amostra e pode incluir a preparação da amostra envolvendo tratamentos enzimáticos e a limpeza da amostra por meio de filtração, enriquecimento ou outras etapas de purificação. Em seguida, a separação da amostra é realizada por cromatografia líquida (LC) e o analito é detectado e quantificado por espectrometria de massa (MS). Nos diagnósticos clínicos baseados em LC-MS, é fundamental usar materiais de referência certificados e padrões analíticos para a calibração precisa do instrumento e a referência do analito.

Aplicações


Fluxo de trabalho de LC-MS

Coleta de amostras

Coleta de amostras

A coleta e preparo de amostras são elementos essenciais no início da LC-MS. Essas etapas devem garantir a integridade da amostra e seu processamento apropriado para adequação às etapas de análise posteriores.

    Preparo de amostras

    O preparo eficaz de amostras é essencial para uma análise precisa e eficiente. Melhore sua análise e proteja seu instrumento concentrando e purificando a sua amostra

      Padronização e calibração

      Materiais de referência são um componente essencial dos fluxos de trabalho de testes analíticos e esquemas mais amplos de garantia de qualidade. Qualifique e calibre seus instrumentos e ensaios.

       

        Separação e análise cromatográficas

        Colunas, solventes, reagentes e acessórios têm um impacto fundamental na precisão, confiabilidade e eficiência da sua análise. Tire proveito dos recursos técnicos disponíveis para otimizar sua abordagem.


          Testes clínicos baseados em PCR

          Amostra de sangue em tubo de ensaio para análise de SARS-CoV-2

          O teste de PCR é usado para analisar a presença, o comprimento ou a sequência de DNA ou RNA. O fluxo de trabalho de PCR começa com a coleta da amostra e pode incluir uma etapa de purificação, seguida pela amplificação específica do alvo de DNA/RNA. Na qPCR (também conhecida como RT-PCR), a quantificação é realizada em tempo real (RT) durante os ciclos de amplificação. Outra alternativa é a PCR de ponto final, em que os resultados são determinados após a conclusão dos ciclos de amplificação.

          Aplicações

          • Triagem e identificação de doenças infecciosas
          • Análise genética
          • Oncologia
          • Testes pré-natais

          Fluxo de trabalho e produtos de PCR

          Purificação de amostras

          • Kits e reagentes para purificação de ácidos nucleicos (NAP)
            Os tubos de PCR são carregados em um termociclador para a etapa de amplificação da PCR.
            • Oligonucleotídeos, primers, sondas
            • Enzimas de amplificação de DNA (por exemplo, Taq)
            • Enzimas de transcrição reversa (RT)
            • Reagentes de amplificação de PCR, incluindo tampões, sais e nucleotídeos (dNTP)

              Testes clínicos baseados em ELISA

              Cientista analisando placas de microtitulação para ELISA

              O ensaio de imunoabsorção enzimática (ELISA) é uma técnica de imunoensaio amplamente utilizada para triagem de alto rendimento e quantificação de anticorpos, proteínas, peptídeos e outras moléculas pequenas. Em geral, os ELISAs são executados em um formato de placa de 96 poços. As placas podem ser fornecidas prontas para uso para diagnósticos in vitro (IVDs) ou preparadas internamente para testes desenvolvidos em laboratório (LDTs).

              Aplicações

              • Oncologia
              • Doenças infecciosas
              • Triagem de drogas de abuso
              • Medição de hormônios
              • Função imunológica/imunologia

              Fluxo de trabalho e produtos de ELISA

              • Placa para ELISA
              • Anticorpo de captura
              • Reagentes de revestimento (p. ex., BSA, Casein)
              • Tampões de lavagem
                • Reagentes de lise
                • Tampões
                • Detergentes
                • Inibidores de proteases
                  • Tampões (p. ex., PBS, PBS-T)
                    • Anticorpos primários de detecção (específicos para o analito de interesse)
                    • Anticorpos secundários marcados ou conjugados (por exemplo, marcados com fosfatase alcalina (AP) ou peroxidase de rábano (HRP))
                    • Reagentes de detecção de anticorpos marcados (por exemplo, TMB, OPD, pNPP, peróxido de hidrogênio)
                    • Reagente de parada




                      Faça login para continuar

                      Para continuar lendo, faça login ou crie uma conta.

                      Ainda não tem uma conta?